Doação para Porto Alegre – CMDCA

R$120,00

O Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Funcriança) foi criado em Porto Alegre em 1991, a partir da implantação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). O Funcriança tem por objetivo financiar programas e projetos de promoção e defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

A Funcriança possibilitam a qualificação da rede de atendimento, auxiliam no processo de inclusão de jovens cidadãos que vivem em vulnerabilidade social e em situação de rua e evitam que outras crianças e adolescentes passem a fazer da rua seu local de subsistência e moradia.

Sua contribuição, além de auxiliar cerca de 50 mil crianças e adolescentes atendidos diariamente pela rede municipal e conveniada, é um exercício de cidadania. Ao contribuir com o Funcriança, você está decidindo que parte do seu imposto fica em Porto Alegre, para o desenvolvimento de programas e serviços dirigidos à nossa infância e juventude.

Além disso, as doações podem ser deduzidas no Imposto de Renda (IR).

Qualquer cidadão pode fazer doação ao Funcriança, contribuinte ou não do Imposto de Renda.

Descrição

Entre os programas desenvolvidos com crianças, adolescentes e famílias, destacam-se:

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV)

Ocorre no turno inverso ao da escola, atendendo crianças e adolescentes de 6 a 14 anos, em situação de ameaça ou violação de direitos. São realizadas atividades de apoio pedagógico, Grupos de Socialização, Assembleias, Esportes, Recreação, Oficinas de Cultura, Passeios e Expressão Artística.

Educação Infantil

Atendimento em Educação infantil para crianças de zero a seis anos, desenvolvido por ONGs de caráter comunitário. Estando sujeito as normas estabelecidas pelo Conselho Municipal de Educação (CME) e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

Pessoas Com Deficiências (PCDs)

Este programa beneficia entidades (creches, institutos etc.) que atendem pessoas com deficiências auditiva, visual, física e mental, além de pessoas superdotadas ou portadoras do vírus HIV, entre outras situações. O objetivo é criar condições para que toda pessoa, mesmo com obstáculos, seja inclusa como sujeito, um cidadão livre de discriminação.

Acolhimento Institucional

O programa de Acolhimento Institucional (Casas Lares) prevê acolhimento excepcional e transitório para crianças e adolescentes com direitos ameaçados ou violados.

SCFV – Trabalho Educativo

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para jovens de 14 a 18 anos incompletos tem por foco o desenvolvimento socioeducativo voltado à formação profissionalizante. Possibilita reconhecer o trabalho e a educação como direito de cidadania e desenvolver conhecimentos sobre o mundo do trabalho e competências específicas básicas.

Programa Ação Rua

O programa realiza abordagem a crianças e adolescentes em situação de rua, encaminhando esses sujeitos aos diversos programas de atendimento.

Serviço de Apoio à Rede de Atendimento (SARA)

Prevê ações continuadas e sistemáticas às demandas da Rede de Atendimento, no desenvolvimento de habilidades e potencialidades em Cultura, Esporte, Saúde, Lazer e Educação. Estas ações deverão ter periodicidade semanal regular e continuada de quatro horas semanais, no período de no mínimo 10 meses no ano, proporcionando conforme necessidades a infraestrutura necessária como alimentação, deslocamento, etc.

Dentre o desenvolvimento de habilidades estão: oficina de percussão, aula de capoeira, prevenção e higiene bucal, passeios culturais, aula de informática.

Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF)

Serviço que consiste em trabalho de caráter continuado que visa fortalecer a função protetiva das famílias , estimulando a qualidade de vida.

Serviço de Atendimento à Família (SAF)

Realiza ações à famílias que precisam de cuidado, com foco no acesso à informações sobre questões relativas á primeira infância, à adolescência, à juventude, o envelhecimento e deficiências, afim de promover espaços para troca de experiências, expressão de dificuldades e reconhecimento de possibilidades.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Doação para Porto Alegre – CMDCA”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *